segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Ao longo da costa

No passado Sábado dia 2 de Fevereiro (e em virtude de se encontrar cada um para seu lado) resolvi com o Valter fazer uma voltinha de estrada. O Gilberto também era para ter vindo, mas acabou por não o fazer, porque chegou à conclusão que de facto a pedaleira precisa de dentes porque senão a corrente não agarra, adiante...
Fui ter a casa do Valter, onde após as últimas verificações, lá partimos para uma jornada que apesar de ser em alcatrão não se afigurava muito fácil, porque acompanhar o Valter em estrada não é pêra doce.
Decidimos seguir de Aveiro em direcção à Barra, depois Costa Nova, Vagueira, Areão e Mira. É um passeio sempre no plano, mas nada fácil porque o ritmo de andamento é bastante forte (o objectivo também era puxar um bocadinho).
Chegados a Mira aproveitámos para comer qualquer coisa, tirar umas fotos e resolvemos regressar a Aveiro por Vagos, o que tornou a coisa um bocadinho mais difícil (mas também mais interessante) porque ainda se apanhou uma subidita ou outra.
Foi a um ritmo nada inferior que se fez a viagem de regresso, onde uns belos hambúrgueres esperavam por nós no Ramona. Confesso que não sou muito adepto deste tipo de comida, mas estes valem a pena, quem conhece o Ramona, sabe do que falo.
Terça-feira seguinte houve mais, e que bela forma de se passar o Carnaval, mas isso vem a seguir.

Até lá
Já em Mira a retemperar as forças.



5 comentários:

JORGE disse...

Noutra altura até fazia uma piada acerca desse alcatrão que te anda a contaminar os pulmões, mas agora sou um jovem convertido, e na próxima volta já devo ter a minha "estradeira" pronta para alinhar com vocês.

E quanto aos hambúrgueres do Ramona... ui ui, também sou fã. Esperemos que a ASAE não apareça por lá.

mcguerra disse...

seus estradeiros dum raio hehehe
gostei dessa do:
" Já em Mira a retemperar as forças." o valter a descascar a bananinha hehehe

abraço ;)

Anónimo disse...

Depois eu é que sou estradeiro....não podem ver nada:)
os Hamburgueres do Ramona têm o dom de provocar aquele efeito explosivo do tipo rota da farpa :):)

porta-te!!

Hernâni

Nuno Gomes disse...

Depois de ler isto fiquei com vontade de voltar ao Ramona para comer um hamburger na chapa com cebola. Qualquer dia volto lá...
Abraço

António Faisca disse...

...foram namorar....??? É isto e encontros nas pontes.....